Pela pela 15ª vez, Bonito é eleito o melhor destino de ecoturismo do Brasil

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
04/11/2018
Redação

O Recanto Ecológico Rio da Prata e a Lagoa Misteriosa também foram homenageados com o prêmio Braztoa por adotar práticas de turismo sustentável.

 

Lagoa Misteriosa em Bonito, encanta visitantes e pesquisadores por seu fundo infinito. (Foto: Marcio Cabral/ Lagoa Misteriosa)Lagoa Misteriosa em Bonito, encanta visitantes e pesquisadores por seu fundo “infinito”. (Foto: Marcio Cabral/ Lagoa Misteriosa)Clique na imagem para ampliar

Polo turístico conhecido no mundo todo, dona de belezas únicas e que encantam no primeiro olhar, Bonito, a 257 quilômetros de Campo Grande, mais uma vez deixa claro porque é uma das cidades que mais orgulham Mato Grosso do Sul. A cidade foi eleita pela 15ª vez o “Melhor Destino de Ecoturismo” do Brasil.

O município só não conquistou o posto em duas das 17 edições da competição que define “O Melhor de Viagem e Turismo” do país, que é concedido através de votação de leitores e júri especializado em turismo, publicado pela editora Abril.

Foram premiados o Recanto Ecológico Rio da Prata e a Lagoa Misteriosa na categoria Parceiros do Turismo, com a iniciativa “Na pegada da sustentabilidade: o modelo de gestão de ecoturismo do Recanto Ecológico Rio Da Prata e Lagoa Misteriosa (Jardim-MS)”. O prêmio Braztoa teve nesta 7ª edição um total de 143 inscritos, 75 projetos apresentados e 18 finalistas.

Recanto Ecológico Rio da Prata em Jardim foi premiado pela adoção de práticas sustentáveis no Ecoturismo. (Foto: Associação dos Atrativos
Turísticos de Bonito e Região) Recanto Ecológico Rio da Prata em Jardim foi premiado pela adoção de práticas sustentáveis no Ecoturismo. (Foto: Associação dos Atrativos Turísticos de Bonito e Região)Clique na imagem para ampliar

A adoção de práticas sustentáveis, como reciclagem dos resíduos sólidos, produção de horta orgânica, viveiro de mudas, criação de uma RPPN (Reserva Particular do Patrimônio Natural)  na propriedade, visitação de mínimo impacto ambiental, sistema de gestão de segurança certificado são algumas das ações desenvolvidas nos atrativos.

“Este prêmio conquistado pelos atrativos Rio da Prata e Lagoa Misteriosa simboliza a organização de toda a região de Bonito e Serra da Bodoquena. A questão da sustentabilidade e normas de segurança são tratados com muito respeito e responsabilidade. Não tenho dúvidas que é uma conquista muito justa” comentou o diretor-presidente da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul, Bruno Wendling.

Bonito – Considerado polo de ecoturismo, o município destaca-se como o principal da região Bonito – Serra da Bodoquena, que é destino de ecoturismo, aventura com preservação ambiental, gestão pública focada na sustentabilidade e capacidade de carga controlada.

O voucher único, sistema desenvolvido pelo município de Bonito para monitoramento da capacidade de carga e que é modelo no mundo todo, é um dos responsáveis pela organização da atividade aliado à profissionalização da gestão e equipamentos turísticos.

O destino surpreende pelas belíssimas paisagens naturais, rios de águas cristalinas, praias de águas doces, cachoeiras, cavernas, grutas, dolinas e abismos, além da rica fauna composta principalmente por animais aquáticos, como peixes e jacarés, além de pássaros.

Fonte: Campo Grande News

Quer contar alguma coisa? Então conta pro Notícias MS !

Se você tem alguma informação importante e quer compartilhar, conta pra nós!

Conta aí meu Povo:
WhatsApp (67) 98448-9787

Redes Sociais:
https://www.facebook.com/notims
https://www.instagram.com/noticiasms/

O sigilo é garantido pela lei, envie denúncias, reclamações e sugestões.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp