Maracaju/MS
21°C
Clear sky
Dourados/MS
21°C
Clear sky

Pelo 2º dia seguido, boate em Goiânia é fechada por festa com cerca de 500 pessoas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
02/05/2021
Redação
Além da interdição, o local recebeu multa de R$ 9,8 mil.

Na madrugada deste domingo (2), uma boate foi fechada pelo 2º dia seguido por fazer festa com aproximadamente 500 pessoas, O caso aconteceu no bairro Setor Marista, área nobre de Goiânia.  Segundo a fiscalização, clientes estavam sem máscaras e compartilhavam narguilés. Além da interdição, o local recebeu duas multas de R$ 4,9 mil, ou seja, R$ 9,8 mil.

De acordo com o G1, foi feita uma tentativa de contato para o celular da boate na tarde de hoje para pedir um posicionamento sobre a interdição, mas o número estava desligado.A primeira fiscalização aconteceu na madrugada de sábado (1º). Na ocasião, a equipe contou 469 pessoas no local.

No dia seguinte, segundo o diretor de fiscalização sanitária da Prefeitura de Goiânia, Jadson Tavares, a boate estava novamente lotada, operando acima da capacidade. Ele informou que o gerente da boate foi levado para a delegacia por desobedecer ao decreto municipal que prevê medida para conter o avanço da Covid-19, já que o dono não foi encontrado.

Como nós sabíamos que se tratava da mesma boate fechada na noite anterior, chamamos a Polícia Militar para prestar apoio. Quando a fiscalização chegou, as pessoas ainda hostilizaram os servidores por fecharem a boate. Nesse caso, o gerente do local foi levado para a delegacia“, explicou Tavares.

O nome do gerente não foi divulgado. Por isso, o G1 não localizou a defesa dele para se manifestar sobre a detenção. O diretor da fiscalização esclareceu ainda que, nestes casos, a pessoa paga fiança e é liberada na delegacia.

O decreto da prefeitura publicado em 27 de abril proibiu o funcionamento de boates e a realização de eventos privados por causa da pandemia da Covid-19.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp