Pesquisa diz que Riedel e Puccinelli vão para o segundo turno em MS

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
28/09/2022
Por Aline dos Santos / CAMPO GRANDE NEWS
Pesquisa mostra que Eduardo Riedel e André Puccinelli chegam ao 2º turno.

O ex-governador é o candidato com maior rejeição entre o eleitorado: 20,97%

Em crescimento desde a primeira pesquisa do Novo Ibrape/Campo Grande News, divulgada em 23 de junho, o candidato a governador pelo PSDB, Eduardo Riedel, chega às vésperas das eleições com números que o colocam  no segundo turno com André Puccinelli (MDB)

Divulgado nesta quarta-feira (dia 28), o novo levantamento trouxe os votos válidos, mecanismo usado pela Justiça Eleitoral na apuração. Neste quadro, o ex-governador aparece com 26,83% e Riedel tem 20,61%. Passam para o segundo turno os dois candidatos mais votados.

O instituto mostra Rose Modesto, do União Brasil, em terceiro (16,63%). Na sequência, estão o Capitão Contar (PRTB) com 16,12% e Marquinhos Trad (PSD), que soma 14,53%.

Pesquisa para governador de MS com os votos válidos. (Fonte: Novo Ibrape/Campo Grande News)

Na pesquisa estimulada, quando são apresentados os nomes dos candidatos e o cálculo inclui indecisos brancos e nulos, o Novo Ibrape traz oscilação de André, que passou de 23,77% para 24,09%. Em junho, na primeira pesquisa, o ex-governador registrou 22,1%.

Eduardo Riedel segue em crescimento consolidado. O candidato do PSDB tinha 17,21% na pesquisa de 22 de setembro e agora tem 18,51%. Na linha do tempo, Riedel vem em ascensão na intenção de votos. Em junho, o tucano começou a corrida eleitoral com 13,7%.

Rose Modesto manteve o terceiro lugar, mas passando de 14,48% para 14,94%. Marquinhos Trad caiu da quarta para a quinta colocação, sendo ultrapassado por Contar. Marquinhos passou de 13,57% para 13,05%. Enquanto Contar subiu de 12,66% para 14,48%.

Considerando a margem de erro, Rose, Contar e Marquinhos estão tecnicamente empatados. Na primeira pesquisa, divulgada em junho, a candidata contava com 12% da preferência do eleitorado. Marquinhos aparecia com 21,5% e Contar, com 6,6%.

Na pesquisa de hoje, Giselle Marques (PT) caiu de 4,42% para 3,77%. Adonis Marcos, do Psol, tinha 0,39% e agora tem 0,65%. Magno de Souza (Psol), que teve a candidatura indeferida e concorre sub judice, oscilou de 0,19% para 0,32%.

No comparativo entre os últimos levantamentos, o total de indecisos recuou de 8,31% para 6,95%. Os que não votariam em nenhum dos candidatos reduziram de 5% para 3,25%.

A pesquisa ouviu 1.540 eleitores entre os dias 22 e 27 de setembro, em 28 municípios de Mato Grosso do Sul. A margem de erro é de 2,5%, com intervalo de confiança de 95%.  O levantamento foi registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob os números MS-02466/2022 e BR-04507/2022.

Rejeição – A quinta rodada da pesquisa Novo Ibrape/Campo Grande News também mediu a rejeição aos candidatos. André Puccinelli lidera com 20,97%. Seguido por Marquinhos Trad (13,44%), Capitão Contar (7,40%) e Giselle Marques (6,82%).

Quer contar alguma coisa? Então conta pro Notícias MS !

Se você tem alguma informação importante e quer compartilhar, conta pra nós!

Conta aí meu Povo:
WhatsApp (67) 98448-9787

Redes Sociais:
https://www.facebook.com/notims
https://www.instagram.com/noticiasms/

O sigilo é garantido pela lei, envie denúncias, reclamações e sugestões.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp