quarta-feira, 21 fev 2024

PF Investiga Ex-presidente Bolsonaro em Operação Sobre Tentativa de Golpe
Polícia

PF Investiga Ex-presidente Bolsonaro em Operação Sobre Tentativa de Golpe

Redação
08 fevereiro – 2024 | 8:08
Ex-presidente Jair Bolsonaro. Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino

Em uma ampla operação deflagrada nesta quinta-feira (8), a Polícia Federal (PF) tem como um dos alvos o ex-presidente Jair Bolsonaro. A operação, denominada Tempus Veritatis, investiga uma suposta organização criminosa acusada de tentar perpetuar o poder político através de uma tentativa de golpe de Estado. O ex-presidente foi notificado a entregar seu passaporte às autoridades em um prazo de 24 horas.

Segundo informações divulgadas pela jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, além de Bolsonaro, a operação mira em figuras proeminentes de seu governo, incluindo Braga Netto, Augusto Heleno e o ex-ministro da Defesa, Anderson Torres. Durante a ação, celulares de assessores próximos a Bolsonaro foram apreendidos em sua residência em Angra dos Reis, RJ.

Bolsonaro, que não estava de posse do passaporte no momento da operação, reagiu às acusações por meio de declarações, alegando estar sendo vítima de perseguição política. “Saí do governo há mais de um ano e sigo sofrendo uma perseguição implacável”, afirmou. Ele também fez um apelo para que “me esqueçam, já tem outro governando o país”.

A operação Tempus Veritatis cumpriu um total de 33 mandados de busca e apreensão e quatro de prisão preventiva, além de 48 medidas cautelares em diversos estados, incluindo Amazonas, Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Ceará, Espírito Santo, Paraná, Goiás e o Distrito Federal. As ordens foram expedidas pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

De acordo com a PF, a investigação identificou dois eixos principais de atuação do grupo: a propagação de alegações de fraude nas eleições presidenciais de 2022 e a tentativa de abolir o Estado Democrático de Direito por meio de um golpe de Estado, com o suporte de militares especializados. O Exército Brasileiro prestou apoio à PF no cumprimento de alguns dos mandados.

Os crimes investigados incluem organização criminosa, abolição violenta do Estado Democrático de Direito e tentativa de golpe de Estado, pondo em evidência a gravidade das ações que são objeto desta operação policial.

Compartilhe suas notícias conosco!
Possui informações relevantes? Estamos aqui para ouvi-lo!

Entre em contato:
WhatsApp: (67) 98448-9787

Nossas Redes Sociais:
Facebook
Instagram

Garantimos seu sigilo conforme a legislação. Envie-nos denúncias, reclamações e sugestões.
Sua voz é importante para nós!

Últimas Notícias