quinta-feira, 18 jul 2024

PF Realiza Operação com 4 Mandados em Mato Grosso do Sul Contra Envolvidos no 8 de Janeiro
Polícia

PF Realiza Operação com 4 Mandados em Mato Grosso do Sul Contra Envolvidos no 8 de Janeiro

Redação
20 junho – 2024 | 10:10
Foto: Agência Brasil

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (20) a 28ª fase da Operação Lesa Pátria, visando os envolvidos nos atos de 8 de janeiro. A operação também mira pessoas investigadas por bloqueios de estradas após as eleições de 2022.

No total, estão sendo cumpridos 27 mandados judiciais, sendo 15 de busca e apreensão e 12 de busca pessoal, expedidos pelo ministro Alexandre de Moraes, relator dos casos do 8 de janeiro no Supremo Tribunal Federal (STF).

Detalhes da Operação

Os mandados estão sendo cumpridos em Goiás, Mato Grosso do Sul e Santa Catarina. Em Mato Grosso do Sul, são dois mandados de busca e apreensão e dois de busca pessoal.

A operação determinou a indisponibilidade de bens, ativos e valores dos investigados. A Polícia Federal informou que os crimes investigados incluem abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado, dano qualificado, associação criminosa, incitação ao crime e destruição ou deterioração de bem especialmente protegido.

Danos e Investigações

Os danos ao patrimônio público causados pelos atos investigados podem chegar a R$ 40 milhões. A Polícia Federal destacou que a Operação Lesa Pátria é permanente e que as investigações seguem em curso.

Localização dos Mandados

  • Goiás:
    • Mandados de busca e apreensão: 2
    • Mandados de busca pessoal: 2
  • Mato Grosso do Sul:
    • Mandados de busca e apreensão: 2
    • Mandados de busca pessoal: 2
  • Santa Catarina:
    • Mandados de busca e apreensão: 11
    • Mandados de busca pessoal: 8

Não foram emitidos mandados de prisão nesta fase da operação.

Compartilhe suas notícias conosco!
Possui informações relevantes? Estamos aqui para ouvi-lo!

Entre em contato:
WhatsApp: (67) 98448-9787

Nossas Redes Sociais:
Facebook
Instagram

Garantimos seu sigilo conforme a legislação. Envie-nos denúncias, reclamações e sugestões.
Sua voz é importante para nós!

Últimas Notícias