sábado, 25 maio 2024

PM que abusou sexualmente de grávida dentro de ônibus é excluído da corporação

PM que abusou sexualmente de grávida dentro de ônibus é excluído da corporação

03 maio – 2023 | 17:17

Fernando Resende Espíndola, 32 anos, já condenado por abusar sexualmente de uma gestante, à época com 19 anos, dentro de um ônibus de viagem, foi excluído da PMMS (Polícia Militar de Mato Grosso do Sul). O crime ocorreu em setembro de 2019 e ele foi condenado em fevereiro de 2021.

Já nesta quarta-feira, 3 de maio, saiu a exclusão dele, publicada no Diário Oficial do Estado e assinada pelo comandante-geral da Polícia Militar, coronel Renato dos Anjos Garnes.

Conforme a denúncia, Resende estava fardado e na poltrona ao lado da gestante, que viajava de Campo Grande para Porto Murtinho, em ônibus intermunicipal. Os abusos aconteceram entre Sidrolândia e Nioaque.

Em determinado momento, Resende começou a conversar com a mulher e no decorrer passou a tentar abusar dela, inclusive forçando-a a estender o braço na tentativa de colocar a mão dela sobre sua genitália.

A gestante se levantou e saiu em busca de ajuda, enquanto o policial desceu do ônibus e foi embora, na parada feita na rodoviária de Nioaque. Já a vítima seguiu até Porto Murtinho, onde registrou boletim de ocorrência.

Dias depois, o policial fez contato com o comandante de Nioaque e tentou explicar a situação, alegando que tudo o que ocorreu ali foi consensual, sendo que teria sido informado por um colega sobre o registro do boletim. Diante da gravidade do fato, um processo administrativo foi aberto na PM.

Fernando já responde a outros processos. No dia 17 de janeiro de 2021, foi preso por dirigir embriagado e bater em vários carros que estavam estacionados no início da Avenida Rita Vieira de Andrade, no Bairro Rita Vieira. Mais à frente, ele acabou batendo em outro veículo. Os documentos de seu carro também estavam vencidos.

Compartilhe suas notícias conosco!
Possui informações relevantes? Estamos aqui para ouvi-lo!

Entre em contato:
WhatsApp: (67) 98448-9787

Nossas Redes Sociais:
Facebook
Instagram

Garantimos seu sigilo conforme a legislação. Envie-nos denúncias, reclamações e sugestões.
Sua voz é importante para nós!

Últimas Notícias