PMA prende em flagrante e autua dono de restaurante em R$ 17 mil por armazenamento e comercialização ilegal de combustível, poluição e desacato

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
14/06/2018
Redação

Policiais Militares Ambientais de Cassilândia receberam denúncias, de que o proprietário de um restaurante, localizado à margem da rodovia BR 158, entre as cidades de Cassilândia e Paranaíba estaria comercializando combustível (produto perigoso) ilegalmente. Uma equipe foi ao local hoje (13) e encontrou armazenados diversos galões vazios e com combustível, que o infrator estava comercializando no local sem autorização ambiental.

Além do armazenamento e comércio do produto perigoso, devido a falta de proteção, muito combustível caiu ao solo, causando contaminação. 450 litros de combustível foram apreendidos.  Durante a vistoria, o infrator (44), residente em Cassilândia, que possui várias passagens penais, desacatou os Policiais e, mesmo advertido dos crimes cometidos, não cessou os desacatos e foi preso.

O Infrator foi conduzido à delegacia de Polícia Civil de Cassilândia, juntamente com o combustível apreendido e foi autuado em flagrante por crime ambiental de armazenamento e comércio de substância perigosa sem a licença ambiental e por poluição, cujas penas é de um a quatro anos de reclusão, para cada tipo de crime.

O comerciante também responderá por desacato. A PMA confeccionou ainda um auto de infração administrativo e arbitrou multa de R$ 17.000,00 contra o autuado.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS

Quer contar alguma coisa? Então conta pro Notícias MS !

Se você tem alguma informação importante e quer compartilhar, conta pra nós!

Conta aí meu Povo:
WhatsApp (67) 98448-9787

Redes Sociais:
https://www.facebook.com/notims
https://www.instagram.com/noticiasms/

O sigilo é garantido pela lei, envie denúncias, reclamações e sugestões.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Previous Next
Close
Test Caption
Test Description goes like this