Policiais Militares de Maracaju são alvos da Operação Oiketikus e são conduzidos à Corregedoria de Campo Grande

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
17/05/2018
Redação
Movimentação de policiais militares do Batalhão de Choque em frente a corregedoria da PM nesta tarde (Foto: Marina Pacheco)

A Operação que foi desencadeada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) e Corregedoria da Polícia Militar, nesta quarta-feira 16-05 prendeu 20 suspeitos de facilitar o contrabando de cigarro no Estado. Batizada como Oiketicus (nome científico do insento apelidado de bicho-cigarreiro), a ação ocorreu em 16 cidades de Mato Grosso do Sul e envolveu 125 policiais militares, além de nove promotores.

Preso em operação sendo escoltado por agente do Gaeco na frente da Corregedoria da PM (Foto: Fernando Antunes)

Conforme as informações divulgadas pela assessoria do Gaeco, foram cumpridos 45 mandados de busca e apreensão e outras 20 de prisão no decorrer do dia.

Segundo a Receita Federal, o contrabando de cigarros corresponde a cerca de 75% de todo o valor apreendido ano passado no Estado.

Nas unidades da Receita Federal que atuam na fronteira de MS com o Paraguai, o volume apreendido vale cerca de R$ 367 milhões. Segundo o delegado Marcelo Rodrigues, auditor fiscal em Ponta Porã , o montante ainda está subestimado devido a problemas internos do órgão que dificultaram o registro das operações. O valor pode ultrapassar R$ 400 milhões.

Quer contar alguma coisa? Então conta pro Notícias MS !

Se você tem alguma informação importante e quer compartilhar, conta pra nós!

Conta aí meu Povo:
WhatsApp (67) 98448-9787

Redes Sociais:
https://www.facebook.com/notims
https://www.instagram.com/noticiasms/

O sigilo é garantido pela lei, envie denúncias, reclamações e sugestões.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Previous Next
Close
Test Caption
Test Description goes like this