Prefeito de cidade mineira cancela shows de Gusttavo Lima e Bruno & Marrone após polêmica com cachês

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
04/06/2022
Redação

Nos últimos dias um dos assuntos mais quentes da música brasileira tem sido os cachês pagos por prefeituras Brasil afora a músicos populares, principalmente aqueles ligados ao sertanejo.

É sempre importante lembrar que não há nada de errado no fato de prefeituras contratarem artistas para as suas apresentações, mas o debate foi aquecido por causa de valores e formatos de pagamento como os da cidade de Conceição do Mato Dentro, em Minas Gerais.

Como te contamos por aqui, a cidade do interior de Minas Gerais, que tem menos de 20 mil habitantes, havia contratado artistas para a programação da 30ª Cavalgada do Senhor Bom Jesus.

No line-up, estavam Gusttavo Lima Bruno & Marrone, e as duas apresentações acabaram de ser canceladas.

Só a performance do cantor sertanejo iria custar 1.2 milhão de reais à prefeitura, e a gente te mostrou como uma reportagem da Folha de São Paulo apurou que esse dinheiro deveria ser destinado apenas e exclusivamente às áreas da Saúde, Educação, Infraestrutura e Meio Ambiente.

Agora, o prefeito da cidade, José Fernando Aparecido de Oliveira, disse que os shows estão cancelados porque a festa “foi envolvida em uma guerra político-partidária”.

Como você pode ver no vídeo acima, ele primeiro fala em cancelamento e depois cita um “adiamento” da ida do “Embaixador” (apelido de Gusttavo Lima) à cidade, bem como a visita da dupla Bruno & Marrone.

Zé Neto e Cristiano

Vale lembrar que há alguns dias o sertanejo Zé Neto utilizou uma apresentação da dupla para provocar a cantora Anitta, dizendo que “não precisava fazer tatuagem no toba” para mostrar que estava “bem ou mal”.

Na mesma ocasião, ele ainda falou que é um artista que “não depende da Lei Rouanet”.

Desde então, a indústria da música sertaneja e o circuito dos shows bancados por prefeituras passaram a ser olhados de perto não apenas por Anitta e seus seguidores, mas pelas autoridades.

Ao que tudo indica, a provocação gratuita contra uma das maiores artistas brasileiras da atualidade, aqui e lá fora, acabou custando caro para o cantor.

Quer contar alguma coisa? Então conta pro Notícias MS !

Se você tem alguma informação importante e quer compartilhar, conta pra nós!

Conta aí meu Povo:
WhatsApp (67) 98448-9787

Redes Sociais:
https://www.facebook.com/notims
https://www.instagram.com/noticiasms/

O sigilo é garantido pela lei, envie denúncias, reclamações e sugestões.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Previous Next
Close
Test Caption
Test Description goes like this