Prefeitura de Dourados decreta fim do uso obrigatório da máscara

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
15/03/2022
Redação

O uso fica a critério do usuário, passando a ser obrigatório apenas nos hospitais e clínicas médicas

A Prefeitura de Dourados publica nesta segunda-feira (14) o decreto que define o uso facultativo de máscaras em espaços públicos e privados, ficando restrito o uso obrigatório apenas em pontos de atendimento à saúde, como hospitais, clínicas e postos, e para aquelas pessoas que estão com sintomas de gripe ou que testaram positivo para Covid-19.

O prefeito Alan Guedes relata que diversos critérios foram analisados na tomada de decisão e optou por seguir o Estado e adotou o uso de máscaras para uso facultativo. “Nós analisamos diversos cenários, observamos os índices de vacinação, a redução da média móvel no número de casos e decidimos seguir o estado e adotamos o uso facultativo de máscaras”, pontuou.

De acordo dados do vacinômetro, Dourados aplicou mais de 440 mil doses da vacina contra covid, totalizando 89,75% do percentual de vacinados. Com isso, 191 mil tomaram a 1ª dose, 159 mil a 2ª, 13 mil a dose única, 72 mil a 1ª dose de reforço e 5 mil a 2ª dose de reforço. No total, o município possui 75,93% de pessoas imunizadas.

O uso de máscara é obrigatório no município desde fevereiro de 2020, ação importante para conter a pandemia da covid. No dia 9 de fevereiro de 2022, foi publicado o decreto estadual que definiu como facultativo o uso de máscaras em Mato Grosso do Sul, sendo seguido pelo município nesta segunda-feira.

O decreto municipal irá definir, além do uso facultativo, que a obrigatoriedade será mantida em pontos de Estratégias de Saúde da Família, postos de saúde, policlínicas, hospitais, clínicas médicas e laboratórios, bem como para pessoas com sintomas gripais e com diagnóstico de Covid-19 confirmado.

“O decreto não impede que aqueles que desejam usar máscara continuem. Vale lembrar que caso haja um aumento significativo no número de casos novas ações poderão ser adotadas”, ressaltou o secretário de Saúde, Waldno Lucena Júnior.

Quer contar alguma coisa? Então conta pro Notícias MS !

Se você tem alguma informação importante e quer compartilhar, conta pra nós!

Conta aí meu Povo:
WhatsApp (67) 98448-9787

Redes Sociais:
https://www.facebook.com/notims
https://www.instagram.com/noticiasms/

O sigilo é garantido pela lei, envie denúncias, reclamações e sugestões.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Previous Next
Close
Test Caption
Test Description goes like this