sexta-feira, 21 jun 2024

Prefeitura de Maracaju realiza reunião com pré-selecionados do “Lote Urbanizado” de Vista Alegre

Prefeitura de Maracaju realiza reunião com pré-selecionados do “Lote Urbanizado” de Vista Alegre

16 março – 2022 | 11:11

Reunião faz parte do programa e objetiva orientar beneficiários sobre como construir e seguir o projeto habitacional da melhor maneira.

Nesta segunda-feira 14-03, a Prefeitura de Maracaju, através da Coordenadoria de Habitação em parceria com a AGEHAB – Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul, realizou uma reunião com moradores pré-selecionados com o Programa Lote Urbanizado no distrito de Vista Alegre.

O encontro faz parte de uma série de reuniões que objetiva orientar as questões ligadas ao trabalho social, tratando-se de uma exigência do projeto, visando fazer que os beneficiados possam seguir da melhor maneira o envolvimento no seu programa de construção da sua obra habitacional.

Nosso objetivo com essa reunião, que faz parte de uma série de três encontros é dar dicas e orientações sobre como o beneficiário pode realizar a sua construção civil da melhor maneira, tal reunião faz parte do Programa Lote Urbanizado, implantado aqui em Vista Alegre, através de uma frutífera parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Maracaju.” Explicou Flavia Cristina Anderson – Analista de Programas Habitacionais da AGEHAB do Governo do Estado.

Além de Flavia Cristina Anderson – Analista de Programas Habitacionais da AGEHAB do Governo do Estado, participou da reunião Nelson Lords – Assessor Municipal de Programas Sociais.

Sobre o Lote Urbanizado

O projeto Lote Urbanizado visa atender famílias com renda familiar de até R$ 4.685,00 e que não tenham sido beneficiados em nenhum Programa Habitacional Federal, Estadual e Municipal.

O município participa com o terreno e a assistência técnica, já o governo do Estado constrói a base da casa até a primeira fiada de tijolos e o cidadão dá continuidade na construção de sua moradia.

Para participar primeiramente o pretendente tem que realizar o cadastramento no sistema de inscrição da AGEHAB, e após passar pelo processo de seleção os mesmos serão chamados e deverão comprovar em documentos que possuem condições financeiras para adquirirem os tijolos e os cimentos até o respaldo.

O prazo para a conclusão da moradia é de 24 meses, ou seja, dois anos, e, somente com a conclusão da construção da moradia, que a mesma poderá ser habitada.

Compartilhe suas notícias conosco!
Possui informações relevantes? Estamos aqui para ouvi-lo!

Entre em contato:
WhatsApp: (67) 98448-9787

Nossas Redes Sociais:
Facebook
Instagram

Garantimos seu sigilo conforme a legislação. Envie-nos denúncias, reclamações e sugestões.
Sua voz é importante para nós!

Últimas Notícias