PRF vai responder por tentativa de assassinato contra casal em motel

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
27/11/2021
Redação
Personal trainer baleado sendo socorrido pelo Corpo de Bombeiros. (Foto: Paulo Francis)

Policial rodoviário federal, de 48 anos, continua foragido da polícia

A Polícia Civil ainda está à procura do policial rodoviário federal, de 48 anos, que invadiu um motel atirando, nesta tarde (26) no Bairro Nova Lima, região norte da Capital. No local estavam a esposa do atirador, de 32 anos, e um personal trainer, de 35, que foi baleado na boca.

O caso foi registrado na Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) como tentativa de feminicídio. Mas o policial também vai responder pela tentativa de assassinato do personal trainer, de acordo com a delegada Jennifer Estevam de Araújo, plantonista da Deam.

“Já foram requisitadas as imagens das câmeras de segurança do motel e testemunhas ainda serão ouvidas”, comentou Jennifer. Uma perícia preliminar também já foi realizada no motel, nesta sexta-feira (26). Ainda não está claro se a mulher agredida, ainda tinha relacionamento com o PRF, mas a principal hipótese da investigação é de que o atirador atacou o casal após descobrir uma suposta traição.

Estável – Conforme apurado pela reportagem o quadro clínico do educador físico é estável. Ele passou por uma cirurgia na noite desta sexta-feira (26), na Santa Casa e já está no pós-operatório. O personal trainer será avaliado pela equipe de cirurgia plástica do hospital, uma vez que o tiro atingiu a mandíbula e estrutura óssea do rosto.

Contudo, o rapaz não teve nenhum dano cerebral e nem corre risco de morte. Já a mulher levou tapas e coronhadas do agressor e está internada no Proncor. Ela ainda não prestou depoimento formal à Polícia Civil.

O caso – O educador físico estava com a mulher em um dos quartos do motel, que fica na Avenida Cônsul Assaf Trad, quando os dois foram surpreendidos pelo atirador. O PRF embicou o carro na rampa do portão de saída do estabelecimento, pulou um portão e entrou atirando no quarto do casal.

Durante a confusão, nu, o ferido a tiro conseguiu correr para a avenida, onde passava viatura da PM, que parou para socorrê-lo. Muito ensanguentado, ele conseguiu contar poucos detalhes do ocorrido e recebeu os primeiros atendimentos do Corpo de Bombeiros na grama de calçada da Assaf Trad. Já a mulher apareceu em frente ao motel, com o rosto machucado e alguns arranhões.

Além da equipe da PM que passava pelo local, outras 4 viaturas chegaram rapidamente ao local. Os investigadores da 2ª DP (Delegacia de Polícia) do Bairro Monte Castelo, foram os responsáveis pela apuração no local e na sequência encaminharam o caso à Deam.

Fonte: Campo grande news

Quer contar alguma coisa? Então conta pro Notícias MS !

Se você tem alguma informação importante e quer compartilhar, conta pra nós!

Conta aí meu Povo:
WhatsApp (67) 98448-9787

Redes Sociais:
https://www.facebook.com/notims
https://www.instagram.com/noticiasms/

O sigilo é garantido pela lei, envie denúncias, reclamações e sugestões.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp