segunda-feira, 17 jun 2024

Prisão de Lutadores de Jiu-Jítsu em Mato Grosso do Sul: Dupla Acusada de Assaltos e Estupros
Polícia

Prisão de Lutadores de Jiu-Jítsu em Mato Grosso do Sul: Dupla Acusada de Assaltos e Estupros

Redação
24 agosto – 2023 | 17:17

Os lutadores Erberth Santos de Mesquita, tricampeão mundial, e André Pessoa, foram presos por agressões e estupros violentos contra garotas de programa em Mato Grosso do Sul. Seis vítimas foram identificadas, com crimes ocorrendo em Campo Grande e Três Lagoas.

Dois notórios lutadores de jiu-jítsu, Erberth Santos de Mesquita e André Pessoa, foram detidos na manhã de quinta-feira (24) em Boituva (SP), acusados de uma série de assaltos e estupros contra garotas de programa em Mato Grosso do Sul. A dupla fez um total de seis vítimas, incluindo quatro em Campo Grande e duas em Três Lagoas.

Segundo informações iniciais, os atletas estavam no estado para realizar palestras sobre o esporte na cidade de Aquidauana, mas não compareceram ao evento, iniciando as ações criminosas. De acordo com o Tenente Coronel Rocha, do Batalhão de Choque, o método utilizado pelos agressores era violento e consistente. Eles contatavam suas vítimas, marcavam um encontro e, sob a ameaça de uma faca, cometiam o estupro e o assalto, levando celulares e dinheiro.

Durante as investigações, vários detalhes como tatuagens, características dos autores e do veículo foram identificados, revelando semelhanças nos crimes. Ao serem detidos pelas autoridades policiais de São Paulo, em cooperação com o Batalhão de Choque, foram encontrados 26 aparelhos celulares com os suspeitos, levantando suspeitas de outras ações criminosas.

As vítimas relataram agressões violentas, incluindo socos, pontapés e ameaças com uma faca. A delegada da Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), Analu Ferraz, informou que as mulheres também foram amarradas durante os crimes. O lutador Erberth, especificamente, foi apontado por não utilizar preservativo durante os estupros.

A ação conjunta entre as equipes policiais de diferentes cidades resultou na prisão dos lutadores, pondo fim a uma série de ataques horríveis que abalaram a região. A investigação prossegue para esclarecer todos os detalhes dos crimes cometidos e garantir que a justiça seja feita.

Compartilhe suas notícias conosco!
Possui informações relevantes? Estamos aqui para ouvi-lo!

Entre em contato:
WhatsApp: (67) 98448-9787

Nossas Redes Sociais:
Facebook
Instagram

Garantimos seu sigilo conforme a legislação. Envie-nos denúncias, reclamações e sugestões.
Sua voz é importante para nós!

Últimas Notícias