Procon: Custo da cesta básica de Dourados sobe 1,73% em dezembro

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
05/12/2022
Redação

Levantamento observou que 17 produtos apresentaram diferença superior a 100% entre o maior e menor preço praticado nos estabelecimentos

A Prefeitura de Dourados, por meio do Procon (Programa Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor), realizou, entre os 2 de dezembro, nova pesquisa de preços dos itens que compõem a cesta básica em 12 supermercados do município. No geral, houve aumento de 1,73% no custo médio em relação ao levantamento feito em novembro. De acordo com o levantamento, neste mês o conjunto de produtos chega a custar, em média, R$ 225,04.

Foram coletados preços de 29 produtos e o levantamento apontou variação significativa de um estabelecimento para outro no valor praticado para um mesmo item. A maior diferença é de 326,49%, encontrada no fubá de 1 kg, que no supermercado com menor preço custava R$ 1,85 e saí por R$ 7,89 no local que vendia o produto mais caro.

Outros produtos com variação entre estabelecimentos superior a 200% foram: extrato de tomate de 340g (255,03%); papel higiênico de quatro unidades (250%); goiabada de 300 g (243,58%); quilo da cebola (225,31%); e sabão em pó de 800g (200,50%).

A equipe de fiscalização também observou que mais onze itens apresentaram diferença superior a 100% entre o maior e menor preço. A margarina de 500 g, por exemplo, foi encontrado a R$ 3,85 em determinado supermercado e a R$ 11,49 em outro, variação de 198,44%. Os demais itens desse grupo são: farinha de mandioca de 1 kg (188,81% de variação); erva-mate para tereré (160,82%); alho de 200g (158,38%); sal de 1 kg (151,26%); creme dental de 90g (148,68%); água sanitária de 1l (140,70%); sabonete de 90g (131,16%); quilo da batata (101,01%); macarrão de 500g (100,40%): café de 500g (100,11%).

O Procon recomenda que o consumidor deve ficar atento às especificações contidas na embalagem, como prazo de validade, composição e peso líquido do produto. Em caso de dúvida ou reclamação basta entrar em contato pelos telefones 151, 3411-7792 e 2222-1650 ou enviar mensagem para o e-mail: procon@dourados.ms.gov.br.

Também existe o link oficial de reclamações e denúncias, você pode acessar clicando aqui.

Confira a pesquisa completa:

Quer contar alguma coisa? Então conta pro Notícias MS !

Se você tem alguma informação importante e quer compartilhar, conta pra nós!

Conta aí meu Povo:
WhatsApp (67) 98448-9787

Redes Sociais:
https://www.facebook.com/notims
https://www.instagram.com/noticiasms/

O sigilo é garantido pela lei, envie denúncias, reclamações e sugestões.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp