quinta-feira, 18 jul 2024

Procon orienta consumidor para evitar golpe de venda de veículos na internet
Dourados

Procon orienta consumidor para evitar golpe de venda de veículos na internet

Redação
19 julho – 2023 | 15:15
O Procon de Dourados fica à Avenida Joaquim Teixeira Alves, 772, Centro (Foto: Assecom)

Vítimas deste tipo de crime tem aumentado em Dourados, onde muitas vezes o ofertante sequer possui o bem anunciado

O Procon (Programa Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor) de Dourados tem registrado diversas reclamações de consumidores a respeito de ofertas de venda de veículos em Marketplace nas redes sociais, onde são oferecidos veículos parcelados com entrada mínima, facilitado para “Score baixo”, “Negativados”, “Autônomos”, “Sem comprovação de renda”, ou “Pagamento facilitado no Boleto”.

Segundo o órgão, muitas pessoas têm sido prejudicadas com tais golpes. O que parece ser financiamento de veículo, na verdade não passa de contratação de consórcio sendo que nesta modalidade de negócio não existe garantia de ser sorteado ou que o lance do consumidor será suficiente para arrematação do bem.

Antonio Marcos Marques, diretor administrativo do Procon, alerta aos consumidores que na maioria destas ofertas nas redes sociais, o indivíduo sequer possui o veículo anunciado.

“O consumidor, na dúvida, deve procurar o Procon antes de concretizar o negócio. É importante ressaltar que em consórcios ou financiamentos, pessoas negativadas ou sem comprovação de renda somente conseguirão tomar posse do bem pagando juros altos e dando um bem em garantia”, alerta.

O Procon recomenda que o consumidor deve ficar atento às postagens e ofertas e procure a unidade em caso de dúvidas ou antes de qualquer negociação, através dos telefones 3411-7792 e 2222-1650 ou enviar mensagem para o e-mail: procon@dourados.ms.gov.br.

Compartilhe suas notícias conosco!
Possui informações relevantes? Estamos aqui para ouvi-lo!

Entre em contato:
WhatsApp: (67) 98448-9787

Nossas Redes Sociais:
Facebook
Instagram

Garantimos seu sigilo conforme a legislação. Envie-nos denúncias, reclamações e sugestões.
Sua voz é importante para nós!

Últimas Notícias