Quadrilha que praticou vários roubos e sequestrou dois em 24h foi presa após erro de comunicação

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
05/11/2019
Kerolyn Araújo e Clayton Neves
Comandante do Batalhão de Choque da Polícia Militar, tenente-coronel Marcus Vinícius Pollet. (Foto: Clayton Neves)

Falha na comunicação entre membros de uma quadrilha especializada em roubos de veículos levou à prisão de cinco pessoas no domingo (3). Eles são responsáveis por dois roubos e sequestros em menos de 24h em Campo Grande.

O segundo caso ocorreu por volta das 23h15 na Avenida Rodoviária, no bairro Coronel Antonino. A vítima, uma mulher de 37 anos, foi abordada pelo grupo e mantida refém durante 10h em um barraco no Jardim Noroeste. O veículo, um Chevrolet Cruze, foi levado.

Segundo o comandante do Batalhão de Choque da Polícia Militar, tenente-coronel Marcus Vinícius Pollet, um erro na troca de informações do roubo do Cruze levou à prisão do grupo. ”Um dos bandidos ligou para quem estava cuidando do cativeiro e disse que havia encontrado comprador para o carro. O comparsa entendeu que o carro já havia passado pela fronteira e liberou a vítima”, explicou.

Solta do cativeiro, após 10h em cárcere, a mulher ligou para o marido e informou a polícia sobre o crime. Na BR-262, no trecho de Miranda, o carro foi abordado pela PRF (Polícia Rodoviária Federal). Ele era conduzido por Cezar Lima dos Santos, 25 anos, e tinha como passageira Kemylly Monick Amancio da Conceição, 21 anos.

Três dos envolvidos presos após sequestro e roubo de veículo (Foto: Divulgação/Batalhão de Choque/PM)

Três dos envolvidos presos após sequestro e roubo de veículo (Foto: Divulgação/Batalhão de Choque/PM)

Após a prisão da dupla, a polícia chegou até Waldemir dos Santos, 21 anos, e Márcio Henrique Pedro, 38 anos. Eles confessaram que fazia parte da quadrilha e tiveram participação no roubo.

À polícia, Waldemir contou que era o responsável por dar suporte logístico ao grupo, como abrigo, alimentação e combustível para os veículos. Já Márcio ficou responsável pelo cárcere juntamente com uma outra pessoa, identificada como sendo Jeferson de Souza Batista, 25 anos. Ele foi preso em seguida e já tem duas passagens pela polícia pelo mesmo crime.