domingo, 19 maio 2024

Qualidade no empreendedorismo brasileiro favorece expansão das taxas de emprego no país

Qualidade no empreendedorismo brasileiro favorece expansão das taxas de emprego no país

23 maio – 2018 | 13:13

O Brasil ocupa a 10ª colocação no grupo de 65 países que mais empreendem, de acordo com o Global Entrepreneurship Monitor (GEM), estudo divulgado pelo SEBRAE. Porém, a “qualidade” deste empreendedorismo é inferior à dos demais países. O Global Entrepreneurship Index (GEI) reforça esse aspecto ao classificar o Brasil na 98ª colocação em um ranking de 137 países.

O Brasil ocupa a 10ª colocação no grupo de 65 países que mais empreendem, de acordo com o Global Entrepreneurship Monitor (GEM), estudo divulgado pelo SEBRAE. Porém, a “qualidade” deste empreendedorismo é inferior à dos demais países. O Global Entrepreneurship Index (GEI) reforça esse aspecto ao classificar o Brasil na 98ª colocação em um ranking de 137 países.

Os estudos consideram como fatores geradores deste cenário o baixo grau de inovação dos produtos e sua baixa inserção/competitividade internacional. A maioria dos empresários oferece produtos muito simples, principalmente, voltados ao atendimento das necessidades básicas do mercado interno.

O baixo grau de sofisticação e de ineditismo das empresas brasileiras tende a contribuir negativamente para o potencial de geração de emprego, renda e de desenvolvimento econômico do País.

No Brasil, assim como no mundo todo, o empreendedorismo é predominantemente desempenhado pelos Pequenos Negócios. Aqui 98% das empresas existentes são pequenas e possuem de 1 a 49 funcionários. Os pequenos empreendedores são também os principais responsáveis pela geração de emprego e renda: 51 milhões postos de trabalho (70%) contra 21 milhões das médias e grandes empresas.

Fonte: Revista Exame

Compartilhe suas notícias conosco!
Possui informações relevantes? Estamos aqui para ouvi-lo!

Entre em contato:
WhatsApp: (67) 98448-9787

Nossas Redes Sociais:
Facebook
Instagram

Garantimos seu sigilo conforme a legislação. Envie-nos denúncias, reclamações e sugestões.
Sua voz é importante para nós!

Últimas Notícias