quinta-feira, 29 fev 2024

Refis alivia endividamento e anima economia do Estado

Refis alivia endividamento e anima economia do Estado

22 setembro – 2017 | 14:14

Anunciado nesta quarta-feira pelo governo do Estado com a meta de recuperar R$ 100 milhões de débitos em atraso, o Programa de Regularização Tributária (Refis) é visto como medida necessária para dar fôlego financeiro às empresas do Estado e oportunidade a consumidores endividados de limparem o nome, avaliam entidades do comércio e serviços ouvidas pelo Correio do Estado.

A proposta do Executivo estadual, que começa a tramitar na Assembleia Legislativa na próxima semana, prevê descontos de até 95% em multas e juros e parcelamento máximo de 24 vezes, de acordo com o tributo ou a taxa estadual devidos.

Segundo João Carlos Polidoro, presidente da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande, a criação do Refis foi uma solicitação encaminhada pelas entidades do setor produtivo ao governo do Estado no ano passado e, apesar de não ser uma medida desejável, trata-se de iniciativa necessária para o momento, tendo em vista a situação em que está a maioria das empresas do Estado, em virtude da alta carga tributária.

De acordo com Daniela Teixeira, economista do Instituto de Pesquisa Fecomércio, o programa representa uma boa oportunidade de renegociação de dívidas tanto para o empresário, que está com dificuldades de caixa, quanto para a pessoa física.

“É uma recuperação de dinheiro que vai para o governo, para as prefeituras. Um programa como este tem bons resultados quando os recursos vão para a infraestrutura, para setores que necessitam, e também é bom para o consumidor e para as empresa”, alertou.

Daniella Arruda

Compartilhe suas notícias conosco!
Possui informações relevantes? Estamos aqui para ouvi-lo!

Entre em contato:
WhatsApp: (67) 98448-9787

Nossas Redes Sociais:
Facebook
Instagram

Garantimos seu sigilo conforme a legislação. Envie-nos denúncias, reclamações e sugestões.
Sua voz é importante para nós!

Últimas Notícias