Riedel explica a Contar como funciona a institucionalidade em uma democracia

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
26/09/2022
Redação
Riedel Debate SBT e Top Mídia News

Candidato ao Governo do Estado, ele elencou, durante o debate TopMídia/SBT, o combate à corrupção como prioridade

Eduardo Riedel (PSDB), candidato ao Governo de Mato Grosso do Sul pela Coligação Trabalhando por um Novo Futuro (Número 45), deu há pouco, durante o debate TopMídia/SBT, uma aula de institucionalidade ao candidato Capitão Contar.

Insistentemente Contar tem tentado relacionar Eduardo Riedel a supostos casos de corrupção no atual Governo. Riedel explicou a Contar como funciona a institucionalidade dentro de uma democracia. “O senhor confunde os papeis sobre responsabilidades públicas. Se o governador é réu quem define isso é a Justiça. Eu sou um técnico trabalhando pelo desenvolvimento do Estado. O senhor acusa de maneira leviana. Cada um deve responder por si, e cabe à Justiça julgar. O senhor não conhece nada do papel institucional de cada ente. Meu papel é trabalhar, quem julga é a justiça”, explicou.

Riedel lembrou, ainda, que incentivou políticas públicas que transformaram o Mato Grosso do Sul no 5º Estado com mais transparência no Brasil (Mapa Brasil Transparente 2021). “É fundamental combater a corrupção. Se há um inquérito, ele vai correr, e quem fez ilícito tem que pagar. Por isso, temos que buscar instrumentos preventivos e corretivos. No meu Governo, a CGE vai ter autonomia e ter todos os setores do Governo terão que seguir regras de compliance. Temos que ser intolerantes com a corrupção”, disse Riedel.

Há oito anos, o Mato Grosso do Sul ocupava a pouco honrosa última colocação do país em transparência. “Hoje a realidade é outra. Quem pratica ilícito tem que responder na justiça ou nos órgãos de controle. E assim será no meu governo”, avisou o candidato.

“A população tem o direito de saber onde e como são aplicados os recursos provenientes de seus impostos. E a única forma de garantir isso é estabelecendo políticas públicas de transparência e acesso fácil a estes dados. Desde 2015 o Mato Grosso do Sul tem feito isso, e nos próximos anos vamos aprimorar estes instrumentos”, disse Riedel.

Riedel lembra que o Estado também foi destaque nos rankings nacionais de transparência na aplicação de recursos de combate a pandemia de Covid-19. Ele foi o gestor do Prosseguir (Programa de Saúde e Segurança na Economia) no período da crise sanitária e garantiu que cada centavo fosse aplicado de forma a combater da melhor forma possível o surto da doença no Estado, levando MS a ser destaque nacional na prevenção e combate à pandemia.

Uma das principais ferramentas de controle social dos gastos públicos estaduais, o Portal da Transparência do Governo de Mato Grosso do Sul, já registrou milhões de acessos. Uma das ações gerenciadas por Riedel em sua passagem pela secretaria estadual de Governo, a ferramenta tem sido destaque nas políticas públicas de acesso à informação.

“A transparência das contas públicas sempre foi um dos meus compromissos. Saímos do último lugar em outubro de 2015 com nota 1,4 para o estado mais bem avaliado em transparência do Brasil por três anos consecutivos. Esse trabalho envolveu muito compromisso com o dinheiro público, e vamos aprimorar o acesso a estas informações”, garantiu.

O Portal é uma ferramenta de transparência que disponibiliza todas as informações do governo, inclusive aquelas que fazem a economia dessa gestão. Ali, o Estado publica suas ações, contratos, licitações, empenhos, acompanhamento das obras, etc.

Quer contar alguma coisa? Então conta pro Notícias MS !

Se você tem alguma informação importante e quer compartilhar, conta pra nós!

Conta aí meu Povo:
WhatsApp (67) 98448-9787

Redes Sociais:
https://www.facebook.com/notims
https://www.instagram.com/noticiasms/

O sigilo é garantido pela lei, envie denúncias, reclamações e sugestões.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp