quarta-feira, 17 abr 2024

Secretaria Municipal de Saúde confirma primeiro caso de Chikungunya em Maracaju

Secretaria Municipal de Saúde confirma primeiro caso de Chikungunya em Maracaju

02 março – 2023 | 17:17

A Prefeitura de Maracaju, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, divulgou a confirmação do primeiro caso de Chikungunya no município. A doença é uma arbovirose transmitida pela picada do mosquito Aedes aegypti, que também transmite a Zika e a Dengue. O Secretário de Saúde, Thiago Olegário Caminha, destacou que cerca de 95% dos focos do Aedes Aegypti estão dentro das residências habitadas e pediu a colaboração da comunidade para a limpeza de quintais e eliminação de possíveis criadouros do mosquito.

O caso confirmado é de um paciente de 59 anos que reside na Vila Juquita em Maracaju. Ele é oriundo do Paraguai e apresentou início dos sintomas no dia seguinte à sua chegada ao município, em 22 de fevereiro. O paciente já foi atendido no hospital e está em tratamento em casa, com dores nas articulações.

Os agentes de endemias foram até a residência do paciente para realizar o controle químico e eliminar possíveis focos do mosquito Aedes Aegypti. Os principais sintomas da Chikungunya incluem febre alta, dores intensas nas articulações e manchas vermelhas na pele. A prevenção da doença passa pela eliminação dos criadouros do mosquito, uso de roupas que minimizem a exposição da pele, repelentes e inseticidas, além do uso de mosquiteiros. Não há vacina ou medicamentos específicos para a Chikungunya.

Compartilhe suas notícias conosco!
Possui informações relevantes? Estamos aqui para ouvi-lo!

Entre em contato:
WhatsApp: (67) 98448-9787

Nossas Redes Sociais:
Facebook
Instagram

Garantimos seu sigilo conforme a legislação. Envie-nos denúncias, reclamações e sugestões.
Sua voz é importante para nós!

Últimas Notícias