sábado, 25 maio 2024

Sindicato Rural de Maracaju realiza levantamento do projeto Campo Futuro da CNA sobre custos de produção de grãos na safra 2022/23
Agronegócio

Sindicato Rural de Maracaju realiza levantamento do projeto Campo Futuro da CNA sobre custos de produção de grãos na safra 2022/23

Por: Assessoria de Imprensa/Vanessa Bordin
14 julho – 2023 | 15:15

Em parceria com Famasul, Senar/MS e Cepea, dados mostram que a produtividade média da soja na região de Maracaju foi de 70 sacas por hectare

O Sindicato Rural de Maracaju realizou nesta semana um encontro para discussão do projeto Campo Futuro da Confederação Nacional da Agricultura (CNA) para levantamento de custos de produção de grãos da safra 2022/23 em Mato Grosso do Sul. Este trabalho é realizado em parceria com a Famasul, Senar/MS, Cepea (Esalq), Sindicatos Rurais, cooperativas e produtores rurais.

Os painéis de levantamentos ocorreram em Dourados, em Maracaju, e nesta sexta-feira (14), acontece em Chapadão do Sul. De uma forma geral, os produtores de Maracaju e Chapadão do Sul obtiveram colheitas dentro da expectativa para a soja e milho 2ª safra. As produtividades médias obtidas para a soja foram de 70 sacas por hectare em Maracaju e de 75 sacas/ha em Chapadão do Sul.

Para o milho, os produtores colheram 105 e 130 sacas/ha, respectivamente, resultados da safrinha do ano passado. Por outro lado, o levantamento do projeto Campo Futuro mostrou que os custos com fertilizantes para a soja tiveram alta de 67% em Maracaju. Para os herbicidas, a alta foi de 100% na soja e para inseticidas no milho, o aumento foi de 249%. Os custos com fertilizantes para a soja e inseticidas para o milho no período analisado tiveram alta de 82% e 60%, respectivamente.

Sobre o Campo Futuro

O levantamento das informações é feito por meio de painéis realizados nas principais regiões produtoras de cada produto, em municípios com significativa participação na produção nacional de cada produto. O painel consiste em uma reunião técnica in loco, com a participação de agentes da cadeia de um produto (produtores, representantes dos sindicatos rurais, técnicos de federações e da CNA, representantes de casas agropecuárias), para definição de uma propriedade modal na região e levantamento das informações. A propriedade modal é definida como aquela que ocorre com maior frequência na região.

A realização destes painéis de informações é anual e as planilhas contribuem para o desenvolvimento de indicadores contábeis, gerenciais e econômicos dos municípios produtores. O Campo Futuro é um projeto realizado pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR). O projeto é efetivado em parceria com universidades e centros de pesquisas, e se destina aos produtores rurais.

Compartilhe suas notícias conosco!
Possui informações relevantes? Estamos aqui para ouvi-lo!

Entre em contato:
WhatsApp: (67) 98448-9787

Nossas Redes Sociais:
Facebook
Instagram

Garantimos seu sigilo conforme a legislação. Envie-nos denúncias, reclamações e sugestões.
Sua voz é importante para nós!

Últimas Notícias