Soja em Chicago tem fôlego para novas altas e pode testar os US$ 9,50/bushel nos próximos dias

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
09/10/2019
Aleksander Horta e Ericson Cunha
Imagem Divulgação

Nesta terça-feira (08), o mercado fechou em alta, recuperando as perdas da última sessão. Com os principais contratos acima de 5 pontos, para Mário Mariano Moraes, analista da Novo Rumo, os patamares de preços possuem fatores altistas que podem sustentar o contrato novembro, que pode chegar a US$ 9,40 / 9,50.

Dentre esses fatores está o próximo relatório do USDA, que será publicado quinta-feira (10), que pode trazer um número menor para a produção nos Estados Unidos. O analista estima que esse número deve girar em torno de 97 milhões de toneladas, com riscos climáticos que podem complicar ainda mais a produção americana.

Outra preocupação do mercado é sobre o acordo entre EUA e China, com rumores de que novos atritos indicam que as negociações não serão tão amigáveis. No entanto, há uma grande possibilidade do país asiático continuar comprando produtos agropecuários dos americanos.