Maracaju/MS
21°C
Scattered clouds
quinta-feira
25°C
18°C
sexta-feira
26°C
16°C
Maracaju/MS
21°C
Scattered clouds

Um lar para se isolar – Por Ana Luisa Coelho Giacomini – Arquiteta

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
20/08/2020
Redação

Com o cenário de isolamento social adotado em praticamente todo o mundo como forma de conter a contaminação pelo novo coronavírus, o nosso estilo de vida foi reformulado.
Vivemos, então, um período de reavaliação da casa, do lar. Elementos que anteriormente “passavam batido” pela correria do dia a dia, agora, por serem mais percebidos, geram desconforto. Surge, então, a demanda por manutenção ou mudanças na decoração e organização e esta situação despertou o olhar para a importância de outros elementos que anteriormente eram pouco valorizados.
Para muitos, a casa é o reflexo da nossa vida e a desordem da vida (e do lar) está diretamente relacionada com a baixa produtividade, desânimo, sensação de não pertencimento a um local. É interessante como a ordem na casa mexe com a nossa vida, não é mesmo?
Estar em um ambiente confortável, aconchegante, organizado e acima de tudo, com a “nossa cara”, é importante para o nosso bem estar!
Nesse ano, de forma abrupta as residências se tornaram escolas, escritórios, academias, restaurante e até casas de shows! (Quantas “lives” você assistiu?!) Nós tivemos de nos adaptar a essa situação.
Em cada casa, nas suas particularidades, as mudanças impactaram famílias, vidas! O que isso traz para a sociedade é de uma magnitude que vamos demorar anos para compreender e assimilar.
Mais do que nunca, dá-se valor a reorganização e otimização do uso do espaço, nunca antes fez tanto sentido ter uma vista reconfortante do pôr do sol ou de uma vegetação, ou ainda ter o privilégio de ter a luz do sol entrando diretamente pela janela, iluminando e energizando os ambientes. Se tornam prioridades investimentos na casa, afinal nunca ouvimos tanto “fique em casa”.
Esses investimentos se dão de acordo com o que cabe no bolso de cada um. A maior disponibilidade de tempo é um estimulo para o DIY (Do It Yourself) ou traduzindo, o “faça você mesmo”, que vai desde elementos construtivos como uma jardineira para produção de horta, até elementos decorativos. Você pode dar cara nova a um móvel antigo, retocar a pintura das paredes, aplicar adesivos, montar um cachepô diferente para incorporar vegetação ao ambiente, ideias não faltam no Pinterest! Por aqui já pintei vaso, já fiz galinheiro, já germinei semente pra fazer muda…
Em alguns casos, as mudanças de layout, estudo de cores, troca de mobiliário, aquisição adornos podem ser feitas com a ajuda de um profissional por meio de consultoria, com custo mais baixo e com a segurança de ter um ambiente organizado, funcional, aconchegante que possa trazer calma nesse período de instabilidade.
Alterações complexas que envolvem projetos detalhados e obras elaboradas devem ser feitas com acompanhamento profissional. É a opção mais segura para quem busca investir em reforma, pois ajuda a organizar e otimizar o processo evitando perda de tempo e dinheiro.
Ambientes e itens que nos trazem conforto, aconchego e memória afetiva, especialmente nesse momento de isolamento e necessidade de resiliência emocional, podem ser incorporados à decoração da casa contribuindo para essa ressignificação do lar, o ambiente que assim como nós, está em eterna transformação.

 

Arquiteta Ana Luisa Coelho Giacomini

Giacomini Arquitetura Interiores

Contato: 67 98100-5785

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp