sexta-feira, 21 jun 2024

Vacinação contra gripe é ampliada para todas pessoas acima de 6 meses
Dourados

Vacinação contra gripe é ampliada para todas pessoas acima de 6 meses

Redação
02 maio – 2024 | 13:13
Vacina contra gripe é produzida pelo Instituto Butantan (Foto: Divulgação/Sems)

Orientação do Ministério da Saúde é seguida pelo Núcleo de Imunização que disponibiliza doses em todos os postos de saúde

A vacinação contra influenza, ou gripe, está liberada para todas as pessoas acima de seis meses. O Ministério da Saúde ampliou a campanha que começou no dia 25 de março e, até então, estava direcionada apenas para grupos prioritários que seguem com prioridade mantida, como gestantes, puérperas, idosos, crianças menores de cinco anos e pessoas com comorbidades ou condições clínicas especiais. A medida, segundo a pasta, é para conter os casos mais graves e internações pela doença.

“A vacinação é essencial para proteger a saúde da população e evitar a propagação, especialmente durante as estações mais frias, quando a incidência da gripe tende a aumentar”, disse a ministra Nísia Trindade, em nota.

Em Dourados, o Núcleo de Imunização da Sems (Secretaria Municipal de Saúde) disponibiliza a vacina contra a gripe em todas as Unidades Básicas de Saúde e nas ações especiais que estão sendo feitas em relação à vacinação contra a dengue. As duas vacinas, porém, segundo orientação do Ministério da Saúde, não podem ser aplicadas simultaneamente.

“A vacina influenza pode ser administrada na mesma ocasião de outras vacinas do Calendário Nacional de Vacinação. A única exceção é em relação à vacina contra a dengue. Neste caso, é recomendado um intervalo de 24 horas. Então, é possível receber uma vacina em um dia e a outra no dia seguinte”, explica Edvan Marcelo Marques, gerente do NI.

Baixa adesão e aumento de casos

Segundo o Ministério da Saúde, até o dia 21 de abril, apenas 22% do público-alvo tinha se vacinado contra a gripe, conforme levantamento divulgado pela pasta. Cerca de 14,4 milhões de doses foram aplicadas para uma população-alvo de 75,8 milhões de pessoas.

Dados da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) divulgados na semana passada mostram aumento de casos relacionados ao vírus sincicial respiratório (VSR) em crianças de até dois anos de idade, ultrapassando as mortes associadas à covid-19 na mesma faixa etária.

Compartilhe suas notícias conosco!
Possui informações relevantes? Estamos aqui para ouvi-lo!

Entre em contato:
WhatsApp: (67) 98448-9787

Nossas Redes Sociais:
Facebook
Instagram

Garantimos seu sigilo conforme a legislação. Envie-nos denúncias, reclamações e sugestões.
Sua voz é importante para nós!

Últimas Notícias