Maracaju/MS
26°C
Clear sky
Dourados/MS
30°C
Scattered clouds

Você pensa pelo Coletivo?!

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
01/02/2021
Por: Kerollay Costa

O ano que passou, foi com certeza desafiador em muitos sentidos, a gangorra entre o alerta e o medo, a esperança e o novo, o desespero e a força. A coragem entre quem esteve na linha de frente, como uma batalha sem precedentes, não se salvaram todos, algumas famílias não se despediram como gostariam, tamanha covardia, de um vírus chegado sem avisar deixando saudade e da família
muita nostalgia.

Algumas mesas cheias de todo fim de ano, em muitos lares se tornou uma pequena casa vazia, os cuidados dobrados, a notícia de mais um parente acamado, ou um grande amigo em um leito angustiado.

O ano é 2021, mas a máscara ainda é esquecida em casa, não nos acostumamos, nem tampouco nos endireitamos. O cuidado com a vida nova, com as mãos ressecadas de álcool em gel sempre que sai de casa, nos relembra o tempo todo do que ainda estamos passando e do que ainda corremos risco de passar, é sim de suspirar.

Ao se pensar em não apertar as mãos, não pensamos só pelo que podemos ver, conseguimos ter empatia pelo que pode se acontecer. Ao não sair para excessos de aglomerações, pensamos no que poderia lá na frente não ter a mesma sorte, afinal nem todos possuem imunidade assim tão forte.

Buscamos, pedimos, e imploramos por uma vacina que pudesse nos ajudar, Institutos e pesquisas colocaram em pauta todas as habilidades, testaram todas as possibilidades, e conseguiram em tempo hábil desenvolver com coragem, nos devolver a esperança de dias melhores, mais fortes. Dizer muito obrigada, e chamalos de competentes é o mínimo. Não é só por você, é por quem é o ente querido de alguém, é de quem precisa, temos a oportunidade de nos fortalecer, reerguer, é pelo coletivo, é pelo bem de como eu e você ainda teve a oportunidade de continuar vivo.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp