Find the latest bookmaker offers available across all uk gambling sites www.bets.zone Read the reviews and compare sites to quickly discover the perfect account for you.
sexta-feira , 20 Abril 2018
Home / Cidades / Consórcio Brasil Central promove seminário com foco em articulação institucional e comércio internacional

Consórcio Brasil Central promove seminário com foco em articulação institucional e comércio internacional

 

 

Evento será realizado em Brasília e contará com a participação do governador Reinaldo Azambuja, além de secretários de governo.

Campo Grande (MS) – O governador Reinaldo Azambuja e os secretários de Estado de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, e de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, representam Mato Grosso do Sul no “Seminário Brasil Central: Transpondo Barreiras e Ampliando Fronteiras”, que acontece nesta sexta-feira (23.3), em Brasília.

O evento é promovido pelo Consórcio Brasil Central (BrC), entidade que reúne sete estados com foco em cooperação, competitividade e desenvolvimento mútuo.

 

O seminário inédito é o primeiro, de uma série de três, que tratarão de temas desenvolvidos no planejamento estratégico do consórcio. As próximas edições destacarão outras áreas centrais ao projeto, como desenvolvimento econômico e sustentável, infraestrutura e logística, e gestão pública e ambiente de negócios. “A construção de uma política pública de desenvolvimento integrado é o foco do consórcio. Esse seminário é uma oportunidade de entender a fundo as necessidades de cada estado e as maneiras como poderemos contribuir”, afirma o governador.

Durante o encontro, também ocorrerá a posse do governador de Mato Grosso, Pedro Taques, que assume a presidência do Consórcio pelo ano de 2018. O presidente anterior, o governador Marconi Perillo, de Goiás, presidiu o BrC em 2016 e 2017. Ambos foram escolhidos para o cargo por meio de votação pela Assembleia Geral, composta pelos sete governadores.

“Encontramos no consórcio uma maneira de unir forças para crescer. Existe um importante trabalho de planejamento e inteligência, que garante que cada estado ofereça aquilo em que é melhor e seja suprido naquilo que falta”, ressalta o governador Reinaldo Azambuja. Segundo ele, o Consórcio favorece a criação de um ambiente positivo e sustentável para negócios e fortalece a região como um ‘player’ no mercado internacional.

O secretário Eduardo Riedel, conselheiro de administração do Consórcio Brasil Central, aponta que o propósito do Consórcio é garantir a integração para que até 2028 a região seja reconhecida com o maior índice de desenvolvimento sustentável da América do Sul. “Com o Brasil Central, queremos ampliar a integração com o mercado internacional. Reconhecemos as vocações produtivas da região e estamos trabalhando em diversas frentes para garantir a sustentabilidade desse modelo”, ressalta.

Secretário da Segov, Eduardo Riedel. Foto: Bruno Corsino

“Todas essas temáticas são complexas, por isso, um dos melhores caminhos para desenvolver projetos nessas áreas é começar o planejamento por meio de debates com autoridades de cada um dos setores que envolvem as temáticas”, explica Leonardo Jayme Arimatéia, secretário executivo do consórcio interestadual. Além dos governadores e secretários, os seminários reúnem especialistas e público estratégico, como presidentes de federações nacionais e lideranças empresariais, criando-se um ambiente favorável à geração de conhecimento e informações.

Consórcio Brasil Central

Formado pelo Distrito Federal e pelos estados de Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins e Rondônia, o Consórcio Brasil Central é pioneiro na integração interestadual no Brasil, atuando desde 1962. Suas áreas de atuação estratégica são desenvolvimento econômico, infraestrutura e logística, articulação institucional, ambiente de negócios e gestão pública.

O consórcio atua, no momento, na execução de um projeto de planejamento que compreende o período entre 2016 e 2028. Sua missão é promover o desenvolvimento integrado do Brasil Central, formulando políticas regionais e a viabilização de projetos, parcerias, recursos e competências orientados à melhoria da competitividade da região.

A proposta é que na próxima década, o crescimento econômico seja acelerado por meio do cumprimento de metas como dobrar o crescimento de participação no PIB em comparação com o período de 2003-2013, alcançar o posto de segunda região mais exportadora do Brasil, garantir que todos os estados tenham 90% dos jovens de até 19 anos com o ensino médio concluído e alcançar percentual médio de pobreza de 6,2% na região.

Periodicamente são realizados os encontros do Fórum de Governadores, nos quais a Assembleia Geral, composta pelos sete governadores do bloco, tem a oportunidade de discutir prioridades, analisar os balanços e definir os rumos que serão tomados. Campo Grande foi palco da quarta reunião, em agosto de 2017. Além do fórum, reuniões do Conselho Administrativo, assim como outros encontros com representantes de áreas estratégicas dos governos, alinham os rumos do consórcio.

Thiago Andrade – Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica (Segov)

Foto capa: Divulgação

 

Veja mais!

Ex-prefeito e mais 27 são alvo de nova ação que pede bloqueio de R$ 1 bilhão

  O ex-prefeito de Campo Grande Nelson Trad Filho e mais 27 pessoas e empresas ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *