Pesquisa indica eleição de Reinaldo Azambuja no primeiro turno

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
02/10/2018
Redação

Reinaldo Azambuja (PSDB) conseguiria mais da metade dos votos válidos, conforme cálculo do Ipems.

Faltando 5 dias para o 1º turno das eleições 2018, a pesquisa estimulada Ipems/Correio do Estado indica que Mato Grosso do Sul vai conhecer quem vai governar o Estado pelos próximos 4 anos já no domingo, 7 de outubro. O levantamento aponta a possibilidade de Reinaldo Azambuja (PSDB) ser reeleito, com 51,08% dos votos (sem considerar a margem de erro).

O Ipems chega a este percentual tomando como base o cálculo dos votos válidos (excluindo quem declarou voto nulo ou branco). Não dá para cravar a vitória, conforme a pesquisa, porque a margem de erro é de 2,53 pontos percentuais. Se a votação de Reinaldo variar para baixo, ele teria somente 48,92% dos votos, ao passo que se variar para cima, atingiria 53,61% da preferência do eleitorado.

Segundo o levantamento, o juiz Odilon de Oliveira (PDT) teria 33,71% dos votos e com a margem de erro, de 31,18% a 36,24%. O candidato do MDB, Junior Mochi, fica com 8%, Humberto Amaducci, com 4,69, Marcelo Bluma (PV), com 1,61% e João Alfredo (Psol), com 0,91%.

Nominal – O cenário é diferente na pesquisa estimulada nominal, que inclui os indecisos e também os brancos nulos. Reinaldo Azambuja aparece com 45,82% das intenções de voto e iria para o 2º turno com Odilon de Oliveira, que teria 30,24%.

O Ipems (Instituto de Pesquisa de Mato Grosso do Sul) entrevistou 1,5 mil eleitores espalhados em 40 municípios do Estado entre 22 e 17 de setembro. O nível de acerto é de 95%, garante a empresa responsável. A pesquisa foi registrada no TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) sob o nº MS-02185/2018.

 

Fonte: Campo Grande News

Quer contar alguma coisa? Então conta pro Notícias MS !

Se você tem alguma informação importante e quer compartilhar, conta pra nós!

Conta aí meu Povo:
WhatsApp (67) 98448-9787

Redes Sociais:
https://www.facebook.com/notims
https://www.instagram.com/noticiasms/

O sigilo é garantido pela lei, envie denúncias, reclamações e sugestões.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp